Seja Bem Vindo ao PORTAL F6

Muito mais jovem, criativo, inovador e informação!

SEM QUERER, JÁ LEU...

ANUNCIE AQUI, A PROPAGANDA É A ALMA DO NEGÓCIO!

Web Rádio PORTAL F6, um novo jeito de ouvir rádio...

Novidades em breve, aguardem!

PORTAL F6 - O NOSSO PORTAL DE COMUNICAÇÃO

BEM VINDO AO NOSSO NOVO WEB SITE

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Habeas corpus de Paulo Maluf pode abrir brecha para soltura do ex-presidente Lula

Se o atual entendimento do STF mudar, um futuro novo pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do petista poderia, em tese, ser concedido monocraticamente por um ministro.

  

O julgamento do habeas corpus do deputado afastado Paulo Maluf (PP-SP), nesta quarta-feira (11), pelos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), pode abrir uma oportunidade para a defesa do ex-presidente Lula tentar, mais uma vez, sua soltura.
Maluf foi condenado pelo próprio STF a sete anos, nove meses e dez dias de prisão, em regime fechado, acusado de lavagem de dinheiro. Em dezembro do ano passado, o ministro Edson Fachin, relator do caso envolvendo o parlamentar, determinou que ele começasse a cumprir a pena.
O político ocupava uma das celas do presídio da Papuda, no Distrito Federal, até o dia 28 último, quando o ministro Dias Toffoli decidiu conceder habeas corpus ao político, autorizando-o a cumprir prisão domiciliar. Antes, o recurso já havia sido negado por Fachin.
Como os entendimentos dos ministros Fachin e Toffoli divergem, a questão foi, então, levada ao plenário da Corte, e deve ser decidida hoje.
Impasse
No entanto, a liminar concedida a Maluf por Dias Toffoli acabou criando um impasse, já que derrubou a decisão de outro ministro da Corte. O entendimento vigente no Supremo é de que não cabe habeas corpus contra atos de ministros do tribunal. É uma interpretação extensiva à súmula que impede recursos contra decisões das turmas da Corte ao plenário.
Mas, na avaliação de Toffoli, a jurisprudência do STF autoriza a concessão do habeas corpus em situações como a de Maluf, ou seja, alguém com idade avançada – 86 anos -, e quadro de saúde agravado.
Sendo assim, nesta quarta, antes de julgar o habeas corpus do deputado afastado, os ministros devem discutir a questão. Se o atual entendimento do Supremo mudar, abre-se uma brecha para Lula: um futuro novo pedido de habeas corpus impetrado pela defesa do petista poderia, em tese, ser concedido monocraticamente por um ministro, de acordo com informações de O Globo.
Lula está preso na sede da Polícia Federal em Curitiba, desde o último sábado (7), após determinação do ministro Sérgio Moro, responsável pela Lava Jato em primeira instância. O ex-presidente foi condenado a 12 anos e um mês de prisão, pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, no caso do triplex no Guarujá (SP).

Paquerando com o PSDB, prefeito Álvaro Dias tem conversa particular com o presidente Ezequiel Ferreira |

Na linha de articulador político em busca de aliados, o prefeito Álvaro Dias (MDB) paquera com o PSDB do presidente da Assembleia, Ezequiel Ferreira de Souza.

O partido que tem 8 deputados estaduais e um federal, acabou como o queridinho dos pré-candidatos ao Governo…
E hoje, depois da conversa pública entre Álvaro e Ezequiel, na Assembleia Legislativa, o prefeito pediu um particular com o presidente.
E os dois foram para a sala do presidente.
Da conversa entre quatro paredes nada foi vazado…
Só se sabe que Álvaro articula apoios à candidatura de Carlos Eduardo ao Governo.
Foto Thaisa Galvão

Testemunha: Juiz do RN intima o presidente Michel Temer a falar sobre Henrique Alves e Eduardo Cunha

Do Uol

A 14ª Vara da Justiça Federal no Rio Grande do Norte intimou o presidente Michel Temer (MDB) a depor como testemunha de defesa dos ex-presidentes da Câmara Eduardo Cunha e Henrique Eduardo Alves.
Ambos estão presos pela Operação Lava Jato e também são do MDB. A intimação ocorre no âmbito da operação Manus, desdobramento da Lava Jato. Ela investiga supostos benefícios ilegais a políticos em troca de pagamento de propinas por empreiteiras envolvidas na construção da Arena das Dunas, em Natal, no Rio Grande do Norte.
De acordo com o advogado de Temer no caso, Brian Prado, o ofício com o pedido de oitiva como testemunha foi encaminhado nesta semana ao presidente.
Segundo o advogado, as opções são Temer depor em Brasília por videoconferência ou responder aos questionamentos por escrito, que será a alternativa escolhida. Segundo Prado, o juiz responsável ainda não encaminhou as perguntas. Não há prazo para tanto.
Os depoimentos das 21 testemunhas de acusação já foram colhidos e, agora, a Justiça ouvirá as mais de 100 testemunhas de defesa. Além de Cunha e Henrique Eduardo Alves, outros réus no processo são José Adelmário Pinheiro Filho, da OAS, Fernando Luiz Ayres da Cunha Santos Reis – mais conhecido como Fernando Baiano –, Carlos Frederico Queiroz Batista da Silva e Arturo Silveira Dias de Arruda Câmara.

sexta-feira, 16 de março de 2018

7 MANEIRAS PARA VIVER UMA VIDA EXTRAORDINÁRIA


O que realmente significa viver uma vida extraordinária? Bem, para entender o “extra”, vejamos uma vida comum em primeiro lugar. Quando eu digo comum, quero dizer que você está no trabalho que não ama particularmente, você se arrasta ao longo do dia e está apenas existindo.
Uma vida extraordinária, por outro lado, é uma que você projetou. Você vive a vida que quer viver, uma vida excitante e revigorante. Você não precisa viver uma vida de riqueza extraordinária, embora não haja nada de errado nisso.
Você está no comando de sua vida. Você está fazendo o que quer fazer, você está sendo pago por algo que faria de qualquer maneira e você está realmente feliz. Para mim, a melhor definição de uma vida extraordinária é uma vida feliz.
Aqui estão sete formas específicas de transformar a sua vida de uma vida ordinária para extraordinária:

1- Entenda a si mesmo

Você precisa descobrir o que o motiva. O que o excita? Pelo o que você está interessado? O que você gosta de fazer?
Se você não tem certeza, gaste algum tempo entendendo a si mesmo. Observe o que o faz feliz, o que faz você ficar excitado para sair da cama pela manhã e o que faz você se sentir preenchido. Concentre-se em fazer as coisas na vida com as quais você está dramaticamente entusiasmado.

2- Seja pago pelo que você ama fazer

Uma vez que você descobriu o que te motiva, tente planejar sua vida onde está maximizando a quantidade de tempo que você passa fazendo esta atividade. Talvez isso signifique, de início, reservar o horário da manhã ou os finais de semana.

Em seguida, tente projetar uma vida onde você realmente seja pago para fazer o que ama. O objetivo é ganhar a vida fazendo algo que você é apaixonado e faria até mesmo de graça.

3- Invista em aprendizados duradouros

Se você quer viver uma vida extraordinária, você deve se concentrar em melhorar a si mesmo todos os dias. No final do ano, você deve conhecer e entender algo que você não sabia no início.
A única maneira descer a ladeira da vida é de downhill. Mantenha-se em desenvolvimento e crescendo. Desafie seu cérebro com o domínio de algo que você não conhecia antes.

4- Tenha grandes expectativas

Isso é fundamental para levar uma vida extraordinária. Não seja cínico e pense: “coisas boas não me acontecem”, ou as “coisas sempre dão errado para mim”.
Tenha grandes expectativas para você e sua vida. Sonhe alto. Fique entusiasmado com um grande objetivo ou uma grande ideia. Mantenha-se inspirado para avançar e continuar crescendo. Um sonho grande pode ajudá-lo a fazer isso.

5- Seja financeiramente independente

Há uma diferença entre ser financeiramente independente e ser rico. Financeiramente independente é viver dentro de seus meios, não ter enormes quantidades de dívidas.
No mundo, você pode olhar para algumas pessoas e pensar: “Uau, elas devem ser ricas: olhe para aquele carro, veja aquela casa. Mas, na realidade, eles podem estar devendo a todos os conhecidos pelo homem. Para mim, isso não é extraordinário.
Extraordinário é quando ninguém – nenhuma instituição, nenhum banco – tem o polegar sobre você. Sonhe grande, mas prepare-se para a adversidade. Espere e planeje o sucesso, mas perceba que a vida nem sempre é ótima.
Ser financeiramente independente significa que você nunca ficará em uma posição em que estará arruinado, ainda que o mundo ao seu redor esteja. Independente do patamar de vida em que eu estive, sempre acreditei na ideia de que um carro pago é um bom carro. Um carro pelo qual você deva um zilhão de reais para dirigir um Maserati não é um bom carro. Torne-se financeiramente independente!

6- Lide da mesma forma com sucessos e fracassos

Se você tentar muitas coisas, se você viver uma vida de aventuras, você terá muitos sucessos e muitos fracassos.
Há, pendurado em meu escritório, uma cópia emoldurada do poema de Rudyard Kipling, “If” (Se, em tradução livre). Em um ponto ele diz “Se você pode encontrar o triunfo ou o desastre e tratar esses dois impostores como o mesmo…”
As coisas nunca são tão boas como você pensa que são quando tudo está indo bem e, por outro lado, as coisas nunca são tão ruins como você pensa que são quando estão indo mal.
O que o separa é a habilidade de passar pela vida, crescer por meio da vida e enfrentar a tempestade. Haverá dias ensolarados e dias de tormenta. E isso é fato. Coloque-se em uma posição onde você conseguirá passar por isso financeiramente, fisicamente, emocionalmente e mentalmente.

7- Trabalhe ainda mais duro

O fundador da Primerica, Art Willians, costumava dar um discurso sobre “Um Pouco Mais”. Ele falava sobre a diferença entre a pessoa super bem-sucedida e a pessoas média. Ele dizia que o vencedor faz o que é preciso… e um pouco mais.
Você não pode passar pela vida fazendo o que é necessário. Você tem que fazer o que é além do necessário. Se um nível de esforço o levará à frente, o próximo nível de esforço o levará a uma vida extraordinária.
Ter sucesso em vida não é fácil. É preciso muito trabalho. O único lugar onde o sucesso vem antes do trabalho é no dicionário. Pague o preço. Mas certifique-se de que você está trabalhando duro e pagando o preço em busca de um objetivo que você deseja alcançar. Faça isso e uma vida extraordinária estará ao seu alcance.

Selena Gomez vai se tornar cantora Gospel


Pelo visto, Selena Gomez está exausta do mundo pop. Segundo Rob Shuter, colunista do iHeart Radio, de agora em diante a cantora vai investir na carreira Gospel. O jornalista afirmou que a cantora já está até gravando seu álbum cristão.
“Fontes me disseram que Selena está trabalhando em um novo estilo e está interessada em gravar um álbum cristão há um tempo (…) Sua equipe quer que ela foque em um álbum pop, mas Selena está insistindo que ela quer retribuir”, contou.
Ainda de acordo com a informação, os empresários da cantora não estão nem um pouco felizes com esse novo direcionamento que ela pretende dar à sua carreira, no entanto, ela estaria realmente decidida a mudar o estilo.
Fonte: http://www.superpride.com.br

Batalhão que Marielle denunciou foi responsável por 112 homicídios em 2017




Quatro dias antes de ser assassinada brutalmente, a quinta vereadora mais votada da Câmara Municipal do Rio de Janeiro, Marielle Franco (PSol), denunciou a atuação violenta da Polícia Militar dentro do estado. O caso levantou o debate sobre uma possível relação da corporação no crime. Observatório da Intervenção, criado pelo Centro de Estudos de Segurança e Cidadania, cobrou posição das forças policiais para afastar a suspeita de um envolvimento militar.
A coordenadora do Observatório, Sílvia Ramos, caracterizou o crime como “assassinato político”. “A PM precisa dar respostas imediatas, que façam cessar suspeitas sobre atuação de seus policiais”, escreveu. Marielle havia assumido, no último dia 28, a relatoria de uma comissão criada na Câmara Municipal para acompanhar a intervenção federal no Rio. Em 10 de março, ela postou nas redes sociais uma crítica aos militares: “O 41° Batalhão da Polícia Militar do Rio está aterrorizando e violentando moradores de Acari”. Conhecido como Batalhão da Morte, o 41º BPM é responsável por 112 assassinatos decorridos de supostos confrontos com a polícia em 2017, e somente em janeiro de 2018, já foram registradas nove ocorrências.
Fonte: Robson Pires.

Prefeito Carlos Eduardo travou a pauta

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves (PDT), que pode disputar o Governo do Estado, não lidera nenhuma pesquisa, registrada ou não no TRE.

Mas…travou a pauta.
Sem a definição do prefeito, se renuncia ou não renuncia à Prefeitura para ser candidato, até o dia 7 de abril, ninguém faz nada.
Os outros prováveis candidatos não mostram a cara, não dão declarações, não articulam alianças, coligações, chapões, chapinhas…
Até para aproveitar a janela partidária que está aberta, e trocar de legenda, alguns políticos estão sentindo dificuldades.
Enquanto Carlos Eduardo não define seu futuro político, a pauta está travada.
Literalmente, aliados e adversários deram o comando do processo sucessório a Carlos Eduardo Alves.

Antes de chegar a Porto Alegre, Katy Perry visita as Cataratas do Iguaçu


Reprodução / Instagram
Horas antes de chegar a Porto Alegre, para o show na noite desta quarta, na Arena do Grêmio, a cantora Katy Perry publicou fotos e vídeos no lado argentino das Cataratas do Iguaçu. A popstar fez show em Buenos Aires no domingo.
A visita à queda d'água foi a última parada de um tour que a cantora fez pela capital argentina: antes, ela havia ido a um show de tango e comido no tradicional café Tortoni. Tudo foi registrado em vídeos, fotos e transmissões ao vivo no Instagram de Katy Perry.
A cantora não só visitou as cataratas como ainda fez um passeio de barco pelo local. Com biquíni e colete, ela transmitiu toda a aventura em vídeo ao vivo. 
Até o início da tarde de quarta-feira, Katy Perry ainda não havia chegado a Porto Alegre. O show na Arena do Grêmio está marcado para as 21h30min. Depois da capital gaúcha, ela se apresenta em São Paulo, no dia 17, e no Rio de Janeiro, no dia 18.

Agente de trânsito e amigo sofrem atentado em Natal


 Um agente de trânsito e um amigo sofreram um atentado e foram baleados na madrugada desta sexta-feira (16) no bairro de Felipe Camarão, na Zona Oeste de Natal. Segundo a Polícia Civil, o guarda trabalha no município de Parnamirim. O colega dele foi socorrido para o hospital em estado grave.
De acordo com a polícia, o agente de trânsito saiu de um bar junto com um amigo por volta das 4h. Os dois pararam na Rua Tamarineira para trocar o pneu do carro, quando dois homens se aproximaram em um automóvel e atiraram.
Com um tiro na região no ombro, o agente foi socorrido para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Cidade da Esperança, já o amigo foi baleado na cabeça, coluna e perna, e levado para o Hospital Clóvis Sarinho em estado grave.
O delegado Paulo Falcão, da Plantão Zona Sul, acredita que o caso se trata de um tentativa de execução, já que o carro não foi roubado. A PM fez busca pelos suspeitos, mas ninguém foi preso.
G 1 (RN)

Flávio Rocha: “Caso evolua para uma candidatura realmente competitiva, estou pronto para assumir”

Afeito ‘aos bons costumes’, Flávio Rocha se aproxima de PRB e MBL

De olho no Planalto, dono da Riachuelo foi cotado como vice de Bolsonaro, mas o vê ‘como esquerda’ na economia
Anna Virginia Balloussier


Apoiado pelo MBL (Movimento Brasil Livre)  e em negociação com partidos como o PRB, braço político da Igreja Universal, o empresário Flávio Rocha acha que agora vai.
Ele tentou ser presidente em 1994, mas saiu daquela corrida antes do pleito. Desta  vez, vê como trunfo o déficit “de nomes liberais na economia e conservadores nos costumes”. É aí que ele entraria.
Afinal, de liberal mesmo,  diz, só Jair Bolsonaro e João Amoêdo.
Na “direita globalista”, Geraldo Alckmin, Marina Silva e Álvaro Dias.
E como “esquerda revolucionária” (que lhe dá calafrios), Guilherme Boulos, “a gaúcha” (Manuela D’Ávila), Ciro Gomes “e quem quer que seja do PT”.

“Caso [o quadro] evolua para uma candidatura realmente competitiva, estou pronto para assumir”, diz o dono da Riachuelo, uma das maiores varejistas do Brasil. Ele tem até 7 de abril para se filiar a uma legenda e um encontro marcado no domingo (18) com o líder do PRB e bispo licenciado da Universal, Marcos Pereira, que à Folha o define como “um excelente nome”.
Bolsonaro parece concordar. Tanto que já o sondou para ser seu vice, segundo Rocha. “Essa possibilidade já foi ventilada. Não prosperou.” O deputado pode até carregar nas tintas, mas o empresário diz “admirar sua coragem para abraçar temas órfãos”, como posições linha-dura em segurança e valores familiares.
“Mas nos afasta nossas visões diferentes de economia”, afirma. Para ele, Bolsonaro é “de esquerda” nesse departamento.
E que ninguém duvide de suas credenciais liberais.
Vide seu júbilo com recente decisão judicial que condenou um homem a pagar R$ 750 mil ao antigo empregador —tudo com base na nova reforma trabalhista, que prevê indenização para os custos com advogado da parte vencedora.

“É muito educativo esse episódio. O único direito que o trabalhador, o mau trabalhador, perdeu foi o de mentir, porque era o que acontecia, principalmente da parte do advogado, que puxava um cardápio e colocava mais 30 demandas mentirosas [na ação trabalhista]”, afirma o filho do 39º homem mais rico do Brasil segundo a “Forbes”, Nevaldo Rocha, dono de US$ 1,3 bilhão e do potiguar Grupo Guararapes Confecções (que abarca a Riachuelo).

PEDRADAS
Pedradas voaram desde que Flávio começou a ensaiar voos eleitorais. Blogueiros esquerdistas, por exemplo, resgataram perfil publicado pela Folha em 1994, quando ele, então deputado, disputava a Presidência pelo Partido Liberal (atual PR). O texto dizia que, aos 36, Rocha recebia mesada.
“Financeiramente, sou dependente do meu pai. São transferências regulares para minha conta”, afirmou.
Hoje o sexagenário minimiza. “Fiz meu  primeiro milhão aos 24 anos, com a Jeans Pool, que era ‘top of mind’”, diz. Patrocinadora de Ayrton Senna, a marca é uma costela do conglomerado têxtil do patriarca.
Um empréstimo de R$ 1,4 bilhão que a Riachuelo tomou do BNDES pôs Rocha em maus lençóis com militantes de esquerda e direita. Os dois lados acharam hipócrita um defensor do Estado mínimo recorrer aos cofres públicos.
O empresário lembra que o BNDES “foi fundado pelo maior dos liberais, Roberto Campos”. Diz que sua companhia “já pagou R$ 1 bilhão” e que o dinheiro “gerou 15 mil empregos”. “A diferença entre veneno e remédio está na dose.”
Errado mesmo é o banco injetar “dezenas de bilhões para financiar ditaduras bolivarianas”, afirma numa das amplas salas de sua mansão nos Jardins paulistanos, a duas quadras da de Paulo Maluf.
Foi lá que, em dezembro de 2015, Geraldo Alckmin declarou pela primeira vez que João Doria era seu tucano predileto na disputa municipal de São Paulo. “[O escritor francês] Victor Hugo dizia, João, que nada segura a ideia de que chegou o seu tempo”, afirmou nas bodas de prata de Rocha e a esposa, Anna Cláudia.

Uma supermesa comportou 140 convidados, refastelados com o menu político e o buffet L’ Épicerie. Uma “decoração do tipo ‘uau’, com hortênsias brancas e velas”, descreveu o site “Glamurama” à época.
Kim Kataguiri também esteve na casa de vastos jardins, guardanapos com o “R” de Rocha impresso, uma adega com o vinho favorito do anfitrião, o Haut-Brion (há safras que superam os R$ 5.000) e obras de arte que vão de Ai Wei Wei (bicicletas douradas) a Andy Wahrol (Mao-Tsé Tung em pop art).
“Para tomar um café, bater um papo”, conta o líder do MBL, empenhado em “buscar estratégias para viabilizar a candidatura” de Rocha. Uma delas: usar redes sociais do movimento para divulgar a campanha dele.
Vem de 2015 o “encanto com os jovens tão intelectualmente maduros” do MBL, diz Rocha, que lamenta ter sido “de esquerda” na faculdade de administração da Fundação Getúlio Vargas (“mas fui um ‘drop-out’ antes de isso virar moda com Mark Zuckerberg”, brinca). Primeiro empresário de peso a apoiar o impeachment de Dilma Rousseff, ele foi procurado pelo grupo.

Apreciador do Ponte para o Futuro, programa econômico de Michel Temer, Rocha diz que “a aristocracia burocrática” dominou na era “do empresário moita”, que prefere não se meter em questões políticas para não acabar sobrando para ele.
Essa omissão permite que a Justiça chegue a apitar até “no colarinho do chope”, afirma. O caso referido: decisão do Tribunal Regional Federal da 4ª Região que decretou que a espuma faz parte da bebida, após um restaurante catarinense ser multado pelo Inmetro em R$ 1.512, acusado de ferir o Código de Defesa do Consumidor ao entregar ao cliente um chope caprichado no colarinho.
“Olha o grau de desconhecimento sobre como o mercado é sábio”, diz Rocha. “Era só o cara sair do boteco e ir para outro. A hiper-regulação gera perda de competitividade.”

VAI NA FÉ
Ele aposta, contudo, que o debate econômico não será protagonista em 2018. “A eleição vai ser impregnada do debate dos costumes”, do qual também é fã. Em janeiro, discursou num evento de sua igreja, a evangélica Sara Nossa Terra, ao lado do ministro Henrique Meirelles.
Entre os presidenciáveis postos, só Marina é evangélica. Rocha diz que não exploraria sua fé em campanha. Em seguida, refere-se a “esta parcela do eleitorado que percebe mais facilmente que a coisa que se acirrou muito, o chamado marxismo cultural”. “Grande parte da população se sente incomodada com a necessidade da esquerda em destruir as trincheiras do conservadorismo”.
 Da Folha de hoje:

Em entrevista exclusiva, Gabriel Diniz comenta sobre novo DVD


Na próxima sexta-feira (16) estará disponível nas lojas de todo o Brasil o novo CD e DVD físico de Gabriel Diniz, “GD na Ilha”. Gravado em Fernando de Noronha, o projeto tem direção de Ancelmo Troncoso, que já trabalhou com nomes como Matheus & Kauan e Simone & Simaria. Em clima de sunset, o segundo DVD da carreira de GD contou com as participações especiais de Maiara & Maraisa, Léo Santana, Luiza & Maurílio, e Wesley Safadão.
Em entrevista exclusiva para o Portal SUCESSO!, Gabriel conta um pouco mais sobre o projeto. Confira.
SHOW BUSINESS + SUCESSO! – Fale sobre a experiência de gravar com Maiara & Maraisa, Léo Santana, Luiza & Maurílio e Wesley Safadão. Você já tinha gravado com todos ou foi uma experiência nova?
Gabriel Diniz – Com Wesley e o Léo sim. Mas com Maiara & Maraisa e Luiza & Maurílio foi a primeira vez, e posso te dizer que a primeira vez a gente nunca esquece! Ainda mais em um lugar tão paradisiaco como a Ilha, onde transborda alegria.
Como se deu a escolha desses convidados pro DVD?
A escolha se deu por conta da amizade mesmo. O Léo Santana e o Wesley já tinham participado do meu outro DVD e eu quis repetir a dose, a energia deles é muito bacana. As irmãs Maiara e Maraisa são muito parceiras. Eu sabia que elas iriam somar muito no meu trabalho. Quanto a Luiza & Maurílio, eu conhecia o potencial deles, sempre achei que cantavam muito bem. Todos os convidados valeram muito a pena.
Tem alguma música desse projeto em especial que te marcou mais?
É complicado, são tantas músicas que a gente passa tanto tempo escolhendo e trabalhando. Porém, gosto muito da Abertura, composta por mim, além de “Paraquedas” e “Denuncia Aí”. Também gosto das canções que contam com as participações. São bem marcantes, como “Acabou Acabou” (com Safadão), que já é realidade.
Os shows que você tem feito pelo Brasil já contam com todo o repertório do “GD na Ilha” ou você pensa em fazer um show especial de lançamento?
No dia 29 de abril farei um show com todo o repertório em João Pessoa/PB. E futuramente irei passar por todas as capitais. Mas atualmente, nos shows, a gente coloca as mais trabalhadas do DVD, as que o público pede mais.
Depois do sucesso de “Acabou Acabou”, com Safadão, quais são as próximas músicas que você pretende trabalhar na mídia?
“A Casa Chora”, que conta a participação de Maiara & Maraisa. É uma música especial demais para mim. E “Pode Brigar Só”, que é um reggaezinho. Acredito que o Brasil já abraçou essa canção, está incrível o número de visualizações no YouTube (atualmente, já passa de 500 mil views).
Nos últimos anos, você vem trabalhando muito no mercado nordestino. Agora, com esse novo projeto, qual sua expectativa? Quais mercados você imagina ou pretende atingir primeiro?
O nordeste eu acredito que a gente já conquistou bem. Agora temos muitos pedidos e fãs em Minas, Brasília, Tocantins e Goiânia, onde inclusive irei tocar neste sábado (17). Mas acredito que todo o Brasil está abraçando de uma forma bem legal o novo projeto.
Quem são os artistas que influênciam seu trabalho?
Gosto muito dessa mistura do pop, das bandas de rock dos 80 e 90. E me inspiro muito em artistas como Michael Jackson e Bruno Mars. Mas acredito que minha grande inspiração é Luiz Gonzaga. Foi ele quem deu início a este estilo de forró. Transformou nossa cultura e me influênciou bastante.
Conte um pouco mais sobre sua experiencia com a Universal Music.
A Universal só veio para somar na minha vida. Aqui eu trabalho entre amigos. Só tenho a agradecer por tudo. Por terem visto em em mim um potencial bacana, por toda a divulgação e pelos novos projetos.
Fale mais sobre sua relação com a Luan Promoções.
A Luan Promoções, em parceria com a SI Music, sempre gerenciaram minha carreira de forma muito correta e dedicada. Eles são muito especiais para mim.
Fonte: Portal Sucesso

Execução de vereadora põe em xeque a intervenção no Rio



Com a execução da vereadora Marielle Franco (PSOL), morta com quatro tiros na cabeça, o crime organizado pôs em xeque a intervenção federal no aparelho de segurança pública do Rio de Janeiro justamente quando ela completa um mês e mal se arrasta.
Porque foi isso o que se passou na noite da última quarta-feira no bairro do Estácio, área central da cidade. Marielle era a vítima ideal para quem pretendia reafirmar seu poder de mando sobre um território carente de lei, ordem e serviços essenciais.
Era mulher, negra, professora universitária, mãe solteira, ativista política e defensora dos direitos humanos. Nascida e moradora de favela, enfrentava sem ódio e sem medo os abusos da polícia e das milícias contra os mais pobres de preferência.
Matá-la seria a melhor maneira de mandar um recado a quem pudesse interessar: “Não vem que não tem. Aqui, mandamos nós”. E não somente mandam como não estão dispostos a deixar de mandar sequer pelo tempo mínimo de vida que ainda resta a este governo.
Se a resposta à ousadia dos criminosos não for rápida, eficaz e convincente, o governo que promoveu uma intervenção amadora e antes de tudo marqueteira, só para dar a impressão de que ainda vive, passará em definitivo à sua fase terminal.
Por Noblat

quinta-feira, 15 de março de 2018

CARLOS EDUARDO MAIS CANDIDATO DO QUE NUNCA !!




Fonte ligadas ao prefeito, em conversa com o Nosso Blog confirmaram !
Que nos próximos dias Carlos Eduardo,Vai Mesmo Anunciar sua pré Candidatura  Ao Governo Do Estado.
E Ainda Mais,segundo eles Carlos Eduardo está Confiante e Animado!
e por Tanto Agora ou vai ou Racha!
Por
Alexsandro Passarinho

NOTA DO PORTAL
COMO ERA DE SE ESPERAR O PREFEITO DE NATAL NÃO VAI CUMPRIR COM SUA PALAVRA, NA CAMPANHA  PARA PREFEITO DE NATAL ELE GARANTIU QUE NÃO IA DISPUTAR O GOVERNO DO ESTADO, KKK E O POVO ACREDITOU. DESSA FORMA VAI ENTREGAR O CARGO E O GOVERNO DE NATAL A UM DESCONHECIDO (Alvaro Dias) VICE PREFEITO DA CAPITAL.
PALAVRA DE HONRA É COISA QUE ESTE ASSIM COMO TODOS OS ALVES DE SUA FAMÍLIA POLÍTICA NÃO TEM.

APOSTANDO NA RENOVAÇÃO HUDSON TOURINHO LANÇA PRÉ CANDIDATURA A DEPUTADO ESTADUAL PELO AVANTE!






 O jovem Hudson Tourinho Natural de Nova Cruz, ja faz parte da Executiva Estadual do partido Avante, e tendo participado como candidato a prefeito nas eleições passsadas em Nova cruz onde enfrentou as oligarquias do Municipio, Hudson criou Gosto pela coisa e Agora vai para outro Desafio Na vida pública onde irá Disputar uma vaga de Deputado Estadual, com um Nome sem Rejeição Hudson vai percorrer o Estado apostando na Renovação Da Assembleia! Hudson Tourinho uma opção de voto Para Deputado Estadual Avante Rn

quarta-feira, 14 de março de 2018

Pedrinho Pegação lança música “Espera Sentada”


(Foto: Reprodução/Instagram)
O cantor Pedrinho Pegação lançou nessa terça-feira, 7, nas rádios e principais plataformas digitais a música “Espera Sentada”.
A canção começa a fazer parte do repertório de shows de Pedrinho. “Espera Sentada” é de autoria de Jack Pallas, Felipe Amorim e Dyeguinho Silva. O clipe será gravado ainda no mês de março.
Pedrinho Pegação começou a vida artística cantando nas bandas Forró dos Playboys e Forró da Pegação. Já em carreira solo e morando em Natal Pedrinho, começou a emplacar um sucesso após outro e, atualmente, vem se destacando cada vez mais no cenário musical como a grande aposta do forró nacional para 2018.
Pedrinho Pegação comanda sua banda e tem uma agenda com mais de 20 shows por mês. A carreira do artista é administrada por três grandes produtoras de shows do Brasil, a Luan Promoções, Estrela Promo e Ultra Promoções.