Header Ads


País não está à beira de uma crise, diz Joaquim Levy após rebaixamento


 
Do G1 - Após a agência de classificação de risco Standard & Poors anunciar a perda do grau de investimento para a economia brasileira, o ministro da Fazenda disse que o país não está à beira de uma crise, em entrevista a Roberto Paiva, da TV Globo, em São Paulo.
 
"[O Brasil] é um país que não está à beira de uma crise. É um país está se acertando para um ambiente mundial muito diferente, então quanto mais rápido a gente se acertar menos custo vai ter essa transição e a gente vai poder voltar a crescer nesse ambiente", disse Joaquim Levy.
 
Em comunicado, a agência S&P chama a atenção para a deterioração fiscal e a falta de coesão da equipe ministerial, como causas da decisão de rebaixar a nota.
 
Segundo o ministro, o rebaixamento do país tem impacto em diversos aspectos da economia. "E indica a importância da gente continuar o trabalho da recuperação fiscal como uma das principais alavancas para a retomada do crescimento", explicou. 
 
Levy disse que o esforço fiscal para o Orçamento de 2016 é um caminho 'extremamente importante' para construção das políticas que podem fazer o país voltar a crescer e gerar empregos.