Header Ads


Caso F Gomes: ex-pastor vai a julgamento na quarta (16)


gilson_neudo
Depois de pedir o adiamento do júri popular do ex-pastor evangélico, Gilson Neudo Soares do Amaral, réu no processo da morte do jornalista F. Gomes, o promotor Geraldo Rufino e Araújo Júnior conseguiu uma nova data para o julgamento.
Gilson sentará no banco dos réus na quarta-feira (16). Entre os motivos apresentados pelo representante do Ministério Público para pedir a mudança do julgamento, estavam problemas de saúde e a falta de apoio da Procuradoria Geral de Justiça, órgão superior do MP no Rio Grande do Norte. Atuará na acusação o promotor Carlos Henrique Harper Cox, atualmente na comarca de Assú.
De acordo com a denúncia do MP, o ex-pastor e outras pessoas se consorciaram para dar cabo da vida do jornalista, tendo o mototaxista João Francisco dos Santos, “Dão”, como autor material do crime em 18 de outubro de 2010. Os outros réus do processo são o advogado Rivaldo Dantas e o comerciante Laison Lopes, o “Gordo da Rodoviária”.