Header Ads


Modelo acusada de agredir escrivã tenta se matar na prisão


Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
A modelo Vanessa Alcântara, presa acusada de agredir escrivã de polícia na cidade de Valinhos, em São Paulo, tentou se suicidar na prisão, de acordo com a defesa a moça. Ela nega as acusações e garante que sua prisão é injusta.
De acordo com o portal IG, o advogado Evandro Campo, que cuida do caso, conta que a loira tentou tirar a própria vida assim que foi transferida para a Penitenciária Feminina de Tremembé, onde estão detentas que se envolveram em casos de repercussão nacional como Suzane von Richthofen e Anna Carolina Jatobá. O fato aconteceu no mês passado, mas a pedido dela não foi divulgado antes.
“A Vanessa tentou se enforcar com um lençol, mas foi impedida por uma agente da unidade. Ela viveu momentos tensos, principalmente porque entendemos que sua prisão é injusta. Apesar de tudo, hoje ela está bem e mais tranquila. Tem se alimentado normalmente e está sendo bem assistida. Agora a Vanessa vê o episódio como uma tentativa desesperada e tranquiliza os fãs, amigos e familiares”, destaca o advogado.
O defensor ainda diz que está confiante em uma decisão favorável no próximo dia 30, quando ocorrerá uma nova audiência do caso no Fórum de Valinhos. “A Vanessa não oferece riscos à sociedade. Os nossos argumentos são claros e convincentes. Esperamos bom senso e consequentemente a sua soltura”, finalizou.