Header Ads


Carlos Eduardo já traiu a família Alves, Robinson e agora trai Wilma de Faria, aponta pré-candidato


Gleydson Batalha acusou o gestor municipal de aproveitar do estado de saúde da vice-prefeita Wilma de Faria para articular com o PMDB

Gleydson Batalha
Reprodução
Gleydson Batalha é pré-candidato a prefeito de Natal
O pré-candidato a prefeito de Natal Gleydson Batalha (PTC) falou, em entrevista ao Agora TV, sobre a recentes traições políticas do atual prefeito da capital, Carlos Eduardo Alves (PDT). Batalha, acusou o gestor municipal de aproveitar do estado de saúde da vice-prefeita Wilma de Faria para articular com o PMDB.
“É natural você manter um chapa para uma reeleição e o prefeito se aproveitando da fragilidade, de uma doença da vice-prefeita Wilma e vai receber a indicação de um vice do ex-ministro Henrique Eduardo Alves do PMDB”, enfatizou.
O candidato do PTC também elencou as principais traições políticas de Carlos Eduardo. “O prefeito ele tem fama de traidor, em 2002 ele era vice de Wilma e traiu a família Alves para assumir a prefeitura do Natal, quando foi em 2012 o primeiro partido a apoiar a sua eleição, a candidatura do prefeito Carlos Eduardo foi o PSD com o atual governador Robinson em troca do prefeito apoiá-lo em 2014. Então em 2014 Carlos Eduardo apoiou Henrique Alves, traiu o governador de novo. Robinson que foi eleito vitorioso governador do Rio Grande do Norte e agora ele traiu Wilma”, elencou.
Quando questionado sobre a vantagem nas pesquisas do atual prefeito com o eleitorado o pré-candidato foi bem enfático em sua fala. “Eu tenho dito e repito aqui nesta entrevista que essa derrota do prefeito Carlos Eduardo será maior do que Henrique Alves recebeu do governador Robinson Faria”, finalizou.