Header Ads


Carlos Eduardo: “Polícias civil e militar do RN são ineficientes e levaram ‘totó’ da bandidagem”


Prefeito de Natal se defendeu das críticas por não ter participado das discussões sobre a insegurança na capital do Estado

carlos_eduardo_prefeito_de_natal13
Reprodução
Prefeito afirmou se orgulhar de ter sido secretário de Justiça e Cidadania e ter construído o Presídio de Alcaçuz
O prefeito de Natal, Carlos Eduardo Alves, candidato à reeleição, disse que os ataques de bandidos na capital e no interior não foram uma resposta à instalação de antenas bloqueadoras de sinal de telefonia celular. Para o prefeito, a causa teria sido a entrevista concedida pelo governador Robinson Faria em que teria dito que não havia mais nada a fazer na área da segurança pública.
Prefeito de uma cidade com mais de 800 mil habitantes e que há dias vem enfrentando um dos períodos mais inseguros de sua história, Carlos Eduardo reafirmou não ter participado de nenhuma reunião sobre segurança porque não foi convidado.
Carlos Eduardo disse que as polícias militar e civil são ineficientes e que levaram um “totó” da bandidagem. O prefeito afirmou se orgulhar de ter sido secretário de Justiça e Cidadania e ter construído o Presídio de Alcaçuz.
Ele disse ainda que os presos estão reprimidos e pagando caro pelas suas penas e que por isso estão revoltados. E garantiu que a iluminação pública de Natal é um serviço de excelência.
As declarações do prefeito foram dadas em entrevista ao jornalista Diógenes Dantas, no Jornal 96, da 96 FM.