terça-feira, 4 de outubro de 2016

O fracasso das sub-celebridades nas eleições municipais


Apenas Verônica Costa (PMDB-RJ), a Mãe Loira do Funk, foi reeleita no Rio de Janeiro com 19.946 votos

Verônica Costa (PMDB-RJ), a Mãe Loira do Funk, foi a única sub-celebridade reeleita no Rio de Janeiro (Divulgação/VEJA)
Os (quase) famosos que disputaram as eleições municipais deste domingo podem ter garantido boas risadas ao longo da campanha – mas isso não se reverteu em votos. Entre as sub-celebridades, apenas a Mãe Loira do Funk, Verônica Costa (PMDB-RJ), saiu vencedora. Verônica foi reeleita com 19.946 votos, 0,68% do total de votos válidos no Rio de Janeiro.
Entre os derrotados estão o ex-assistente de palco do Ratinho, Marquito (PTB-SP), que é investigado pelo Ministério Público de São Paulo por corrupção, que recebeu apenas 5.114 votos, o que representa 0,10% dos votos válidos. O ator Thammy Miranda (PP-SP) também não foi eleito. Ele obteve 12.408 votos, o que representa 0,23% dos votos válidos na capital. Atchim (PRB-SP), da dupla “Atchim e Espirro”, também não foi eleito e recebeu apenas 1.123 votos, o que representa 0,02% do total de votos válidos da capital paulista.