Header Ads


Gestantes de Apodi estão indo ganhar bebê em Mossoró ou Alexandria

A sustentação financeira do Hospital Maternidade Claudina Pinto, desde que iniciou a atual gestão, não tem sido fácil.
A falta da assinatura do convênio entre prefeitura municipal e Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância (APAMI) dificulta o trabalho de realização de partos na unidade. Equilibrar despesas de custeio, promover melhorias em equipamentos, estrutura física e garantia de folha, é uma equação difícil sem o repasse do poder executivo.
As gestantes de Apodi estão indo ganhar bebê em Mossoró ou Alexandria, até bem pouco tempo Apodi recebia gestantes de diversos municípios potiguares.
Mas o principal agravante nesse emaranhado de números foi Castelo Tôrres ter pedido exoneração da presidência da Associação de Proteção e Assistência à Maternidade e à Infância (APAMI), para só assim a prefeitura do Apodi assinar o convênio.