sexta-feira, 3 de março de 2017

Balanço do Morro é a escola campeã do Carnaval Multicultural de Natal


A Escola de Samba Balanço do Morro consagrou-se campeã do grupo especial de Natal no Carnaval Multicultural deste ano. A apuração ocorreu na tarde desta quinta-feira (02), no auditório do Museu de Cultura Popular Djalma Maranhão, na Praça Augusto Severo, Ribeira, sob a responsabilidade do secretário Municipal de Cultura, Dácio Galvão. O desfile das campeãs será no próximo sábado, dia 4, na avenida Duque de Caxias, a partir das 19h.
A contagem de pontos é feita a partir dos votos de 12 jurados que observaram durante os desfiles os seguintes itens: Duração, Bateria, Harmonia, Samba Enredo, Enredo, Evolução, Fantasia, Conjunto, Mestre-sala e porta-bandeira, Alegoria, Adereços e Comissão de Frente. “O esforço foi compensado, pelas escolas e pelas tribos de índios. Nós tivemos uma comissão extremamente qualificada e um julgamento rigoroso, severo, mas trouxe o que houve de melhor, para os respectivos lugares”, avaliou ao final da apuração, o secretário municipal de Cultura, Dácio Galvão.
A apuração dos desfiles das Escolas de Samba, grupos A e B, e das Tribos de Índio, foi realizada nesta tarde com o acompanhamento de seus representantes. A vencedora do grupo A, Balanço do Morro, obteve 114,8 pontos, com quatro notas 10 (Duração, Conjunto, Mestre sala e porta bandeira e Comissão de frente) e levou para a avenida na última segunda-feira, uma homenagem ao folclorista Deífilo Gurgel, o que, segundo avaliação do secretário Dácio Galvão, possibilitou uma identificação do público com este personagem. Ainda no grupo especial das Escolas de Samba de Natal, o segundo lugar de acordo com a pontuação obtida, foi a Malandros do Samba, com 112 pontos; e o terceiro lugar ficou com a Acadêmicos do Morro, com 108,3 pontos.
No grupo B das Escolas de Samba, a vencedora foi a Águia Dourada, com 109,7 pontos. Ela participará no próximo ano do desfile do grupo especial. A segunda colocação do grupo B ficou com a Grande Rio do Norte, com 104,5 pontos e o terceiro lugar ficou com a Império do Vale que fez 98,6 pontos, segundo avaliação da comissão julgadora.
A premiação das Escolas de Samba será de R$ 9 mil para a grande vencedora do Grupo A; R$ 5 mil para o segundo lugar e R$ 3 mil para a terceira colocada. Para o grupo B, a premiação é de R$ 6 mil para o primeiro lugar, R$ 4 mil para o segundo e R$ 2 mil para a terceira colocada. A escola de samba do grupo de acesso, Portela do Vale, obteve 68,8 pontos.
No grupo A das Tribos de Índios, a vencedora foi a Guaraci, com 84 pontos, obtendo quatro notas dez; em segundo lugar ficou a Tupi Guarani, com 79,3 e em terceiro, a Gaviões Amarelo, com 72,5 pontos. No grupo B, a vencedora das Tribos de Índios, foi a Sataré Mawé, com 77,3 pontos e passa a fazer parte, no próximo ano, do grupo A; em segundo lugar ficou a Tapuias, com 75,5 e em terceiro, a Mobralino Mapabu, com 44 pontos.
A premiação para as Tribos de Índios que desfilaram este ano no Carnaval Multicultural de Natal é de R$ 5 mil, R$ 3 mil e R$ 2 mil, para primeiro, segundo e terceiro colocados do grupo A, respectivamente. Para o grupo B, a premiação é de R$ 3 mil, R$ 2 mil e R$ 1 mil.
portal no ar