quinta-feira, 27 de abril de 2017

Casar faz bem à saúde

Apesar de os números de divórcios serem altos, casar ainda é um bom negócio, pelo menos no que diz respeito à saúde. De acordo com estudos realizados pela Universidade Carnegie Mellon, nos Estados Unidos, foi possível identificar por meio de exames o caminho fisiológico que justifica a influência dos relacionamentos sobre a saúde e a doença.
Segundo a pesquisa, pessoas casadas têm níveis menores de cortisol, o hormônio ligado ao estresse, do que as solteiras ou separadas. Vale a pena destacar que quanto mais elevado o nível de cortisol no organismo, mais vulnerável a inflamações e consequentemente a doenças ficamos.
Para se chegar ao resultado (publicado na revista Psychoneuroendocrinology), 572 adultos saudáveis, entre 21 e 55 anos, participaram de testes, cuja duração foi de três dias não consecutivos. A cada 24 horas foram feitas coletas de saliva para análise dos níveis de cortisol.
As pessoas casadas apresentaram não somente níveis mais baixos de cortisol, como também um declínio maior dele ao longo do dia. “Estes dados fornecem informações sobre o modo como nossas relações sociais íntimas podem influenciar nossa saúde”, disse o coautor do estudo Sheldon Cohen.