Header Ads


Justiça bloqueia bens da prefeita de Ouro Branco


A Juíza de Direito da Comarca de Jardim do Seridó, Janaína Lobo da Silva Maia, deferiu nesta terça-feira (19), pedido de medida liminar formulado pelo Ministério Público do Estado, para decretar a indisponibilidade de R$ 51.200,00 (cinquenta e um mil e duzentos reais) dos bens da Prefeita de Ouro Branco, Fátima Silva (PT).
O pedido foi apresentado no inquérito civil nº 06.2015.00006251-1, que acumula 579 páginas e investigou a legalidade da contratação da pessoa jurídica Diógenes de Araújo Santiago ME, pelo Município de Ouro Branco, entre os anos de 2013 e 2015. O Ministério Público acredita que, em decorrência da contratação, fora gerado dano ao erário público municipal no valor de mais de R$ 50 mil. Esse é o quarto pedido de bloqueio de bens da petista em menos de 5 anos de mandato político à frente da Prefeitura de Ouro Branco. Confira a sentença nas íntegra: http://esaj.tjrn.jus.br/cpo/pg/show.do?localPesquisa.cdLocal=117&processo.codigo=3900005EX0000&processo.foro=117
 Por Robson Pires