Header Ads


Por que o RN só “anda para trás”?


O estado Ceará, vizinho ao Rio Grande do Norte, enfrentando historicamente os mesmos problemas sócio-economicos, dá demonstração de crescimento e progresso.
Diário do Nordeste de hoje, 27, divulga que 12 empresas, somente este ano de 2017, aprovaram protocolos para instalação no estado.
Trinta e quatro (34) outras empresas ultimam providências para iniciarem negócios no Ceará, totalizando R$ 1.7 bilhão de reais.
A empresa alemã FRAPORT, que explorará o aeroporto de Fortaleza e o hub aéreo da Air France, KLM e Gol, lideram as iniciativas inovadoras.
Outros setores que recebem investimentos atualmente no Ceará são alimentação, iluminação, cabeamento ótico e elétrico, energia renovável, calçados, metalmecânico e químico.
O Ceará cresce.
A Paraíba, também vizinha do RN, dá sinais de desenvolvimento, sobretudo na área turística e já ameaça o nosso estado.
O governo paraibano paga o funcionalismo em dia e investe muito dinheiro.
Se tudo isso acontecesse nos Estados que fazem fronteira com o RN, por que aqui o erário está falido, o desemprego aumenta, as empresas deixam o nosso território e não há novos investimentos privados e públicos.
Por que o RN só “anda para trás”?
POR QUE?
Por Ney Lopes (ex-deputado federal)