Header Ads


O que esperar da Câmara pré-eleição

Deputados e senadores voltaram ao trabalho nesta segunda-feira, dia 5 de fevereiro, depois do tradicional recesso. O ano legislativo começa com a principal batalha para o governo: a aprovação da Reforma da Previdência.
As discussões estão marcadas para começar nesta terça, dia 6, e a votação deve acontecer depois do carnaval, no próximo dia 19. O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, e o próprio presidente Michel Temer admitem que, se não for aprovada agora, a reforma vai ficar para o próximo presidente. O governo precisa de, pelo menos, 308 votos para conseguir a vitória e tem trabalhado no corpo a corpo com os deputados para alcançar esse número.
Nota do Portal
No mundo do toma lá da cá é tudo possível, o governo não medirá esforços pra conseguir os votos necessários, poderá prometer como já fez em outras vezes, liberar emendas ou facilitar o caminho para aqueles que o apoiarem em seus objetivos.
alguém duvida que essa reforma vai ser aprovada ainda este ano? talvez não antes das eleições, pois todo deputado e senador vai bancar o bom moço pra ganhar os votinhos dos menos esclarecidos, mas depois do apagar das luzes e o som dos paredões forem desligados e os resultados das urnas forem contabilizados, tudo pode acontecer.