Header Ads


Simaria, da dupla com Simone, está em tratamento


Simaria (Foto: Divulgação/GShow)
A cantora Simaria, da dupla com Simone, foi diagnosticada no início deste mês com tuberculose ganglionar. A artista ficou internada por cinco dias no Hospital Sírio-Libânes, em São Paulo, quando recebeu alta para continuar o tratamento em casa, sob observação médica.
​​
Desde então, o assunto vem despertando a curiosidade dos fãs. Afinal, o que é tuberculose ganglionar? Segundo o presidente da Sociedade Cearense de Infectologia (SCI), Guilherme Henn, a doença é incomum e apresenta um risco maior para quem tem imunidade baixa.
“O tipo ganglionar é uma das formas de acometimento da tuberculose. A forma mais comum é a pulmonar, a segunda é a pleural, e a terceira é a ganglionar. Ela acontece quando a bactéria se manifesta nos gânglios linfáticos”, explica Guilherme.
Saiba mais: Os gânglios linfáticos são pequenas glândulas pertencentes ao sistema linfático, que estão espalhados pelo corpo e que são responsáveis por filtrar a linfa, recolhendo vírus, bactérias e outros organismos que podem provocar doenças.
A tuberculose é causada pelo Mycobacterium Tuberculosis e pode levar a doença para qualquer órgão. Os sintomas do tipo ganglionar são febre, perda de peso, falta de apetite e aumento progressivo dos gânglios linfáticos.
“As vezes, os sintomas não são tão intensos e podem passar relativamente despercebidos, até que o paciente já esteja muito consumido ou os gânglios linfáticos estejam em um local que chame a atenção, como no pescoço”, ressalta Guilherme.
Leia mais: Simone se apresenta sozinha em Fortaleza
O diagnostico pode ser realizado por exames como baciloscopia, teste rápido molecular para tuberculose e cultura para micobactéria, e investigação complementar por exames de imagem. A prevenção da tuberculose já se dá quando criança ao ser vacinada com a BCG (Bacillus Calmette-Guérin).
O tratamento do tipo ganglionar é semelhante ao da tuberculose pulmonar, sendo feito com uma combinação de antibióticos por via oral por pelo menos seis meses, segundo Guilherme e o Ministério da Saúde. Com a doença da irmã, Simone segue se apresentando sozinha em shows pelo País.
Fonte: Gshow