Header Ads


Sobe nº de baianos desaparecidos em tragédia de Brumadinho; família reclama de falta de notícias

Vítima é de Salvador e é funcionário terceirizado da Vale. Outros quatro baianos, de Santo Amaro, já haviam sido dados como desaparecidos na tragédia.


Mais um baiano foi confirmado como um dos desaparecidos na tragédia de Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte (MG), onde uma barragem de rejeitos rompeu e fez um mar de lama invadir parte da cidade. Até o momento estão confirmados 60 mortos.
A vítima se chama Tiago Coutinho do Carmo, de 34 anos, natural de Salvador. Além dele, quatro moradores de Santo Amaro, no recôncavo da Bahia, todos homens, também já haviam sido confirmados como desaparecidos.
Os nomes dos cinco baianos constam em uma lista de desaparecidos divulgada no sábado (26) pela Vale, mineradora responsável pela barragem.

O G1 conversou com a família de Tiago, na manhã desta segunda-feira (28). Os familiares reclamam de falta de notícias por parte da Vale, mineradora responsável pela barragem, que rompeu na sexta-feira (25).
"Estamos sem contato nenhum. Eles [Vale] não nos dão informações. A gente não sabe o que está acontecendo, só sabe que ele [Tiago] até agora está desaparecido. A mãe dele chegou a falar com ele momentos antes de romper. Ninguém estava esperando isso, pegou todo mundo de surpresa", contou uma prima de Tiago.
De acordo com a família, Tiago mora em Minas Gerais há cerca de cinco anos, onde casou e teve dois filhos.
Os filhos dele são de lá e a esposa também. Ela está lá, assim como a gente, também sem notícias dele ainda. Estamos em contato com ela. Já correu os hospitais, até no IML (Instituto Médico Legal) já esteve. O nome dele consta apenas como desaparecido. Nossa família está desamparada
Tiago trabalha como funcionário terceirizado de uma empresa que presta serviço para a Vale. os familiares afirmam que, além da falta de notícias, eles não foram procurados pelas empresas. "Não temos nada, nenhum posicionamento. Não fomos procurados por eles. Estamos sem saber de nada".

Outros baianos desaparecidos

Baianos desaparecidos na tragédia de Brumadinho, em Minas Gerais — Foto: Reprodução/ Facebook