Header Ads


Corpo decapitado em Mossoró é de suspeito de matar a namorada

 
O corpo encontrado na última terça-feira, 27, decapitado e com as mãos amarradas em um matagal na cidade de Mossoró, Oeste potiguar, foi identificado pela Polícia Civil como pertencente a Paulo César Targino Júnior, 20. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) também confirmou a identidade da vítima.
Segundo a Polícia Civil, Paulo César estava entre os cinco jovens que fugiram do Centro Educacional (Ceduc) de Mossoró, na última segunda-feira, 26. Ele cumpria medida socioeducativa desde 2017, quando foi preso, após ser considerado suspeito de matar a disparos sua namorada, de apenas 14 anos.
Em um vídeo vazado nas redes sociais pelos próprios assassinos, aparece uma cabeça enrolada em um saco de farinha. Na filmagem, pode-se observar o rosto de Paulo.
Para confirmar a identidade da vítima, foi necessário realizar um exame de impressão digital, já que a cabeça ainda não foi encontrada.